Téchne Digitus InfoSec Artigos

<índice "[ Hacking ]-[ Redes de Comunicação ]-[ DeepWeb ]-[ Anonimato ]-[ Criptomoedas ]-[ Programação ]-[ InfoSec em Geral ]-[ Off-Topic but Important ]-[ Redes Sociais ]" />

Logo Téchne Digitus InfoSec

DESMASCARANDO OS ANONYMOUS - POST01


    Este é o vídeo original dos Anonymous em 2011 quando começaram a usar marketing digital, Youtube e Twitter para se organizar.

    Naquela época, a ideia era lutar contra o sistema, contra o corrupção, contra a quebra de privacidade.

    O movimento cresceu... Em 2012 quando o FBI derrubou a página do MEGAUPLOAD, uma revolta online se iniciou, os Anonymous tomaram frente. Espalharam um programinha chamado LOIC para que todos executassem de forma sincronizada apontando para o mesmo alvo. Muitos grandes sites eram derrubados facilmente! Os CDNs era limitados. Os WAFs e IPS não tinham vacinas de detecções eficientes (isso quando, raramente, eram usados). Foi um show! Eles usavam a hashtag #TangoDown e colocavam o link do alvo. Todos sabiam o que fazer. E todos acompanhavam os sites de grandes empresas de cartão de crédito como VISA, Mastercard, ou órgão do governo americano como NSA, NASA e FBI caindo... Alguns sites de Hollywood também foram alvos na época onde a luta pelos direitos autorais contra a liberdade de expressão e livre fluxo da informação estavam em pleno conflito.

    Em 2013 o Brasil estava tomado pela ideia dos protestos e agitação dos Anonymous... Porém, no meios dos Tweets, vídeos e posts... A Esquerda Comunista se infiltrava...

    No Brasil, até meados de Agosto, Setembro de 2013 podia-se ver alguns movimentos ainda sinceros... Como o vídeo das "5 Causas" e o Movimento "Não Vai Ter Copa". Pessoalmente, lutei muito pelas "5 Causas" mais o Impeachment da Dilma, posteriormente.

    Mas Paulo Freire já havia feito seu trabalho. A esquerda sabia utilizar a estratégia de Antonio Gramsci... E foram ocupando espaços. A esquerda estava infiltrada. Black Blocs, Mídia Ninja... Eram táticas essencialmente esquerdistas sendo utilizadas para corromper as manifestações. Financiados por PSOLISTAS (Caso Sininho)... A ideia era só destruir. Não era lutar por um mundo ideal... Era a destruição da destruição. Basicamente, a Escola de Frankfurt e sua ideologia em ação.

    Perdido em conflitos da sociedade e internos, segui outros caminhos... Fui TRABALHAR, continuar ESTUDANDO, e me sustentando. Eu não sou e nunca fui parasita como aqueles esquerdistas nas manifestações eram (e ainda são). Até que em 2018 um novo movimento apareceu a minha frente: um ideal conservador e um bisturi de ideias que cortou a esquerda em mil pedaços. O ideal conservador foi liderado pelo Jair Bolsonaro. E o bisturi era Olavo de Carvalho.

    Mas Paulo Freire já tinha feito seu trabalho... A esquerda sabia como utilizar as estratégias Gramscianas para enfiar a Ideologia Frankfurtiana na sociedade e enfraquecê-la. Nos dividir em minorias: Gays, Lésbicas, Negros, Brancos, Pardos, Mulheres, Homens, Drogados, Maconheiros, Religiosos... Quanto mais divididos, mais fracos. Quanto mais sem religião e fé, mais fracos. Quanto mais drogados, mais fracos...

    A história é longa... É necessário muito estudo para entender o que houve, entender o atual cenário e distinguir as coisas.

    Esse é o primeiro post. O primeiro vídeo. Outros virão em muito breve. Irei destrinchar a história dos Anonymous, os grupos que se formaram, suas ligações políticas e o enredo comunista que seus próprios militantes nem ao menos fazem ideia de que fazem parte.