Téchne Digitus InfoSec Artigos

<índice "[ Hacking ]-[ Redes de Comunicação ]-[ DeepWeb ]-[ Anonimato ]-[ Criptomoedas ]-[ Programação ]-[ InfoSec em Geral ]-[ Off-Topic but Important ]-[ Redes Sociais ]" />

Logo Téchne Digitus InfoSec

WebRTC Leak: Você é afetado?

WebRTC, qual o problema?

O WebRTC é uma tecnologia de vídeo-chat para comunicação em tempo real que funciona de dentro dos navegadores modernos como o Chrome e Firefox porém, como uma espécie de "efeito colateral", pode ajudar a desvendar endereço IP de origem de seu usuário, mesmo que esteja camuflado por uma VPN. Isto porque os browsers identificam seu endereço IP e gravam essa informação localmente.

Teste seu Anonimato

Para descobrir se o seu navegador está vulnerável, pode ser rapidamente descobrir usando um dos serviços nos links abaixo:

- Teste da ExpressVPN: https://www.expressvpn.com/pt/webrtc-leak-test
- Teste da HideMyAss: https://www.hidemyass.com/webrtc-leak-test

Veja um exemplo:

WebRTC Vulnerável Téchne Digitus InfoSec


Em outro artigo do Téchne Digitus InfoSec, recomendamos 3 Extensões de Segurança que podem aumentar consideravelmente sua privacidade e segurança online (Clique aqui e veja a postagem).
Um destes plugins é o uBlock Origin. Este plugin permite uma configuração que facilmente o protegerá do WebRTC Leak. Veja abaixo a configuração:

uBlock Protect TD


Com a proteção de WebRTC, o teste da ExpressVPN tem um resultado diferente, observe:

Não Vulnerável Téchne Digitus InfoSec

uBlock Origin

Clique no link abaixo correspondente ao seu navegador para instalar o uBlock Origin:

uBlock Origin para Chrome: https://chrome.google.com/webstore/detail/ublock-origin/cjpalhdlnbpafiamejdnhcphjbkeiagm?hl=pt-BR

uBlock Origin para Firefox: https://addons.mozilla.org/pt-BR/firefox/addon/ublock-origin/https://addons.mozilla.org/pt-BR/firefox/addon/ublock-origin/


---


Para saber mais:

- Como Ativar Criptografia PGP nos E-mails do Facebook
- DICA: Removendo a Telemetria do Windows 7 e 8
- Serviços de DNS Anônimo - Sem logs, sem bloqueio, DNSSEC